Curso de Aprimoramento em Cardiologia Pediátrica e Cardiopatias Congênitas do Adulto

– As inscrições deverão ser realizadas pelo site www.cursos.idpc.org.br no período de 01/10/2018 até 30/11/2018.
– Consulte o Edital

– Reconhecer os principais sinais e sintomas das cardiopatias congênitas.

– Conhecer os principais diagnósticos diferenciais das cardiopatias congênitas.

– Aplicar a propedêutica clínica no diagnóstico das cardiopatias congênitas.

– Reconhecer a sintomatologia clínica e realizar a triagem diagnóstica das principais cardiopatias congênitas.

– Conhecer as indicações e a correta interpretação dos principais exames complementares no diagnóstico e seguimento das cardiopatias congênitas.

– Reconhecer os sinais de urgência e necessidade de internação nos pacientes portadores de cardiopatias congênitas.

– Preparar adequadamente a discussão de um caso salientando as principais alterações clínicas e nos exames subsidiários.

– Realizar o seguimento ambulatorial das crianças e adultos com cardiopatias congênitas (pré e pós-operatório) e crianças com cardiopatias adquiridas.

– Indicar o tratamento correto segundo os mecanismos fisiopatológicos.

– Estabelecer a indicação da correção cirúrgica.

– Reconhecer as principais indicações do estudo hemodinâmico tanto diagnóstico quanto terapêutico.

– Reconhecer os riscos e contra-indicações dos procedimentos cirúrgicos e intervencionistas

– Sedimentar o conhecimento da fisiopatologia das cardiopatias congênitas após a cirurgia cardíaca e procedimentos intervencionistas

– Conhecer as principais intercorrências clínicas e os cuidados no paciente pós-operado e pós-procedimento intervencionista.

– Reconhecer a evolução e as intercorrências imediatas e tardias após o procedimento cirúrgico e intervencionista.

– Reconhecer a sintomatologia, critérios de diagnóstico, principais complicações e manuseio das cardiopatias congênitas mais comuns na idade adulta, incluídos os pacientes em evolução natural da doença, assim como aqueles submetidos a tratamentos na infância.

– Definir a hipertensão pulmonar e sua classificação etiológica e fisiopatológica.

– Reconhecer a sintomatologia clínica e realizar a triagem diagnóstica na hipertensão pulmonar.

– Indicar o tratamento correto da hipertensão pulmonar segundo os mecanismos fisiopatológicos.

– Conhecer as principais intercorrências clínicas e os cuidados aos pacientes internados com hipertensão pulmonar.

– Reconhecer a sintomatologia clínica e os critérios de diagnóstico das miocardiopatias na infância, assim como o manuseio terapêutico.

– Reconhecer a sintomatologia clínica e os critérios de diagnóstico da febre reumática e das valvopatias na infância, assim como as indicações de intervenção terapêutica.

– Reconhecer os principais fatores de risco envolvidos na prevenção da aterosclerose desde a infância.

– Reconhecer o traçado eletrocardiográfico normal e as principais alterações.

– Reconhecer e tratar as principais arritmias na infância.

Coordenadora

Dra. Maria Virgínia Tavares Santana

Corpo Docente

  1. Dra. Ana Luiza Paulista Guerra – Terapia Intensiva
  2. Dr. Carlos Augusto Cardoso Pedra – Cardiologia Pediátrica e Cardiologia Intervencionista
  3. Dr. Carlos de Jesus – Cardiologia e Ecografia
  4. Dra. Daniela L. Kreutzig – Cardiologia Pediátrica e Ecografia
  5. Dra. Giselle Montalvão e Alpoin Louzas – Cardiologia Pediátrica
  6. Dra. Heloísa Khader – Cardiologia Pediátrica
  7. Dra. Ingrid Tremper – Cardiologia Pediátrica
  8. Dr. Jaime Padeiro – Cardiologia Pediátrica
  9. Dra. Letícia M. Videira – Cardiologia Pediátrica
  10. Dra. Lily Emilia Montalvan Rabanal – Cardiologia Pediátrica e Terapia Intensiva
  11. Dra. Luciana Camilotti – Cardiologia Pediátrica e Ecografia
  12. Dra. Luciana P. Martins – Cardiologia Pediátrica e Ecografia
  13. Dr. Luis Otávio Campanhã Sant’ Anna – Cardiologia Pediátrica e Cardiologia Intervencionista
  14. Dr. Marcelo Silva Ribeiro – Cardiologia Pediátrica e Cardiologia Intervencionista
  15. Dra. Márcia Cristina – Cardiologia Pediátrica
  16. Dra. Maria Aparecida de Almeida Silva – Cardiologia Pediátrica
  17. Dra. Marly A. Miaira – Cardiologia Pediátrica
  18. Dra. Nadja Arraes de A. C. de França – Cardiologia Pediátrica e Cardiopatia congênita do Adulto
  19. Dra. Renata Chaccur – Cardiologia Pediátrica
  20. Dra. Renata Perazzo – Cardiologia Pediátrica e Ecografia
  21. Dr. Rodrigo N. Costa – Cardiologia Pediátrica e Cardiologia Intervencionista
  22. Dra. Silvia Alvarez – Cardiologia Pediátrica e Ecografia
  23. Dra. Simone F. Pedra – Cardiologia Pediátrica e Ecografia
  24. Dra. Tatiane Rosa – Cardiologia Pediátrica
  25. Dra. Thatiane Davoglio – Cardiologia Pediátrica
  26. Dra. Vanessa Canuto – Cardiologia Pediátrica e Ecografia
  27. Dra. Wanda T. Nascimento – Cardiologia Pediátrica
 Número de vagas: 5 (cinco)
 Duração do curso: 2 (dois) anos
 Carga horária total: 5760 horas
 Carga prática/teórica: 4608 horas / 1152 horas
 Período do curso: Março/2019 a fevereiro de 2021
 Pré-Requisitos: 2 (dois) anos de residência médica em pediatria em Instituição credenciada pelo MEC ou pela SBP ou dois anos de residência médica em cardiologia clínica em Instituição credenciada pelo MEC ou pela SBC.
 Critérios de seleção: Prova Objetiva, Análise do Curriculum Vitae e entrevista

O curso será divido em:

Atividades hospitalares (enfermaria pediátrica, terapia intensiva neonatal e pediátrica, hemodinâmica e cardiologia intervencionista, enfermaria de adultos com cardiopatias congênitas, atendimento de urgência e emergência no pronto socorro, centro cirúrgico, eletrocardiograma, tele-eletrocardiograma, ecografia, exames subsidiários e preparação das reuniões cirúrgicas que inclui a realização dos relatórios solicitados pelos pacientes;

Atividades ambulatoriais (primeiro atendimento, cardiopatias congênitas, cardiopatias adquiridas na infância, eletrofisiologia clínica e Marca-passo, hipertensão pulmonar, pós-procedimento intervencionista, anticoagulação);

Atividades teóricas (aulas teóricas e seminários, preparo das reuniões cirúrgicas, que inclui a realização dos relatórios solicitados pelos pacientes e discussão de casos clínicos);

Estágio Opcional (Disponível no segundo ano do curso, por 30 dias corridos, em instituição reconhecida, podendo ser nacional ou internacional, com necessidade de aprovação prévia da coordenação do curso).

Atividades Hospitalares:                   

Enfermaria Pediátrica (1º e 2º ano):

– Atividades de segunda à sexta-feira das 08:00 hs às 17:00 hs.

– Evolução e prescrição diária pela manhã.

– Á partir das 13:30 hs os casos internados são revisados e as resoluções estabelecidas pela manhã serão cobradas, com a participação dos residentes e estagiários.

– Avaliações de pacientes pediátricos no pronto socorro.

– As finais de semanas as visitas deverão ser realizadas pelos residentes e estagiários de primeiro ano que estiverem no estágio.

 

Enfermaria de Adultos com cardiopatia congênita (1º ano):

– Atividades de segunda à sexta-feira das 08:00 hs às 17:00h.

– Visitas diárias de 9:30 às 11:30h

– Avaliação de pacientes adultos com cardiopatias congênitas que estejam no Pronto Socorro.

– Avaliação de pacientes adultos e pediátricos no pronto socorro no período da tarde.

 

UTI pediátrica e Neonatal (1º e 2º ano):

– 2ª a 6ª feira – Horário: 07:00 às 19:00

– Horário: 07:00 às 9:00 – Avaliação e evolução clínica dos pacientes na UTI.

– Horário: 09:00 às 11:00 – Visita e discussão dos casos com o preceptor

– Horário: 11:00 às 12:00 – Realização de prescrição médica para o dia seguinte com inclusão dos pacientes cirúrgicos do dia.

– Horário: 12:00 às 19:00 – Atendimento aos pacientes cirúrgicos.

– Discussão de casos clínicos e apresentação de artigos científicos (às 5ª feiras).

– Das 19:00 hs às 07:00 hs e aos finais de semana esquema de plantão.

 

Hemodinâmica clínica (1º e 2º ano):

2ª às 6ª feiras – horário: 7:00 às 17:00 hs.

Período da Manhã:

– Encaminhar os pacientes internados para o local do exame após a passagem de plantão da equipe de enfermagem.

– Recepção e encaminhamento dos pacientes agendados para realização do exame via ambulatorial.

– Acompanhar os procedimentos diagnósticos e intervencionistas.

– Fazer a prescrição e acompanhar o paciente na recuperação hemodinâmica e nos setores para o qual o mesmo for encaminhado.

– Avaliação pré-cateterismo.

– Realização das internações do setor.

– Acompanhar a realização dos laudos com os médicos e discussão das curvas de pressão e cálculos de fluxo e resistência.

Período da tarde:

– Atendimento do ambulatório pós-intervenção.

– Acompanhar o paciente na recuperação hemodinâmica e nos setores para o qual o mesmo for encaminhado.

– Fazer os pedidos da coleta laboratorial para os pacientes agendados no pré-cateterismo no dia seguinte e deixá-los com a recepcionista do ambulatório.

 

ECG/Tele-eletrocardiograma / Ecocardiograma (1º ano):

– 2ª à 5ª feira – Aula de ECG de acordo com os horários estabelecidos pelo setor.

– 2ª à 5ª feira – Horário: 8:00 às 12:00.

– Acompanhamento dos laudos no setor de teleeletrocardiograma.

– Nos dias das reuniões clínicas e cirúrgicas o estágio começará as 9:00.

– Nos demais horários: acompanhamento dos exames no setor de ECO.

 

Ecocardiograma (2º ano):

– 2ª à 6ª feira – Horário : 7:30 às 17:00 hs.

– Acompanhamento dos exames no setor.

– Participação nas atividades didáticas.

 

Exames subsidiários (2ºano):

– 2ª à 6ª feira – Horário: 08:00 – 12:00h: Acompanhamento dos exames no setor (Teste Ergométrico, Teste Cardiopulmonar de exercício, Cintilografia de perfusão miocárdica e Tomografia/RNM – 1 semana em cada setor).

 

Centro Cirúrgico (2ºano):

– 2ª à 6ª feira – 08:00 – 17:00 hs.

– Acompanhamento das cirurgias do dia e das primeiras horas de pós-operatório na UTI.

 

Atividades ambulatoriais:

Ambulatório de cardiopatias congênitas (1º e 2º ano):

– As atividades do ambulatório são realizadas de segunda a quinta feira das 9 às 12 hs e das 13 às 16hs, de segunda à sexta.

– Caso não haja reunião o ambulatório deverá ser iniciado mais cedo, às 8 horas.

 

Ambulatório de 1º atendimento – Grupo II (1º ano):

– 2ª à 6ª feira – Horário: 07:00 às 08:00 horas

– 3ª à 6ª feira – Horário: 12:30 às 15:00 horas

 

Ambulatório de Hipertensão Pulmonar (1º ano):

– 2ª à 5ª feira – Horário: 9:00 às 12:00 – Atendimento ambulatorial.

– Os estagiários ficam responsáveis por realizar o teste de caminhada de 6 minutos.

 

Ambulatório de Cardiopatia adquiridas na infância (1º ano):

– À partir de 12:30 hs.

– 2ª feira – Febre Reumática e Valvopatias

– 3ª feira – Miocardiopatias

– 4º feira – Prevenção da Aterosclerose e Hipertensão Arterial Sistêmica

 

Ambulatório de Eletrofisiologia clínica (2º ano):

– 2ª à 6ª feira – Horário: 13:00 às 17:00h

 

Ambulatório de Anticoagulação (2º ano):

– 2ª à 6ª feira – Horário: 13:00 às 16:00h

– Ajuste de anticoagulação nas crianças e adolescentes, e nos adultos com cardiopatia congênita em uso de anticoagulação oral.

 

Atividades teóricas (1º e 2º ano):

– Reuniões clinico-cirúrgicas – Todos os dias das 08:00 às 09:00: preparo e apresentação dos casos à serem discutidos durante a semana.

– Acompanhamento das reuniões pelos estagiários que não estiverem no estágio.

– Aulas e seminários: 6ª feira manhã e tarde.

Escalas Provisórias (Sujeitas a alterações):

1º ano

MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ JAN FEV
UTI 2 3 4 5 1
AMB/FÉRIAS 2 3 4 5 1
ENF PED 3 4 5 1 2
HAP/ADQ 3 4 5 1 2
HEMODINÂMICA 4 5 1 2 3
ECG + TELEECEG/ECO 4 5 1 2 3
UTI 5 1 2 3 4
AMB/FÉRIAS 5 1 2 3 4
ENF PED 1 2 3 4
REUNIÃO/GII 1 2 3 4 5
ENF ADULTO 1 2 3 4 5
AMB/INTERNAÇÃO 1 2 3 4 5

Escalas Provisórias (Sujeitas a alterações):

2º ano

MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ JAN FEV
AMBULATÓRIO 5 1 2 3 4
ENFERMARIA/FÉRIAS 5 1 2 3 4
OPCIONAL 1 2 3 4 5
REUNIÃO/ GRUPO II 1 2 3 4 5
EXAMES SUBSIDIÁRIOS/ELETROFISIOLOGIA 1 2 3 4 5
UTI 1 2 3 4 5
CENTRO CIRÚRGICO/PO 2 3 4 5 1
ENFERMARIA/FÉRIAS 2 3 4 5 1
ECOCARDIOGRAMA 3 4 5 1 2
HEMODINÂMICA 3 4 5 1 2
MARCAPASSO 4 5 1 2 3
UTI 4 5 1 2 3