Comitê de Ética

Atenção! Todos os documentos deverão ser enviados através da Plataforma Brasil.

Clique aqui para enviar seu documento.

Comitê de Ética em Pesquisa

Relatórios Final - Carta Circular nº 04/2018

Seguindo o cumprimento da Resolução 466 referente o relatório final:  item II.19 – relatório final – é aquele apresentado após o encerramento da pesquisa, totalizando seus resultados; o CEP do Instituto Dante Pazzanese, delibera que:

  1. Todos os protocolos incluídos na Plataforma Brasil devem encaminhar para o CEP Relatório Final do estudo com os resultados como segue modelo em anexo;
  2. A falta desta notificação ocasionará o descumprimento da resolução 466 bem como a não finalização do estudo junto ao CEP.

Acesse o Modelo do Relatório Final aqui.

Orientações sobre o que deve conter no TCLE

Cabe ao Pesquisador Responsável verificar as orientações referente a como montar o TCLE conforme solicitado na resolução vigente e incluir na Plataforma Brasil, de forma correta.
Caso coloque o TCLE erroneamente, seu projeto pode ser devolvido como pendente.

Fique atento…

Clique aqui para ler a resolução.

Orientações sobre a Área Temática

Cabe ao Pesquisador Responsável cadastrar o estudo na Plataforma Brasil, selecionando a área temática referente ao estudo.
Caso coloque a área temática erroneamente, seu projeto pode ser encaminhado para a CONEP sem a real necessidade.

Fique atento…

Clique aqui para ler a resolução das áreas temáticas.

Como se vincular ao CEP do Dante

Entrar na Plataforma Brasil na ABA Perfil do pesquisador em seguida, ABA “Alterar meus dados”, selecionar no campo “Adicionar instituição” e indicar a instituição.

CNPJ- 46.374.500/0009-41 INSTITUTO DANTE PAZZANESE DE CARDIOLOGIA

Orientações sobre o que deve conter no Relatório de Evento Adverso Sério

Cabe ao Pesquisador Responsável verificar as orientações referente a Como notificar ao CEP os EAS (Eventos Adversos Sérios) conforme solicitado na resolução vigente e incluir na Plataforma Brasil, de forma correta.
Caso coloque o EAS erroneamente, seu projeto pode ser devolvido como pendente.

Fique atento…

Clique aqui para ler a resolução das áreas temáticas.

CEUA Comissão de ética no uso de animais

As ações da CEUA-IDPC são orientadas a partir dos princípios estabelecidos pela Lei 11.794  datada de 8 de outubro de 2008 e que constam em documentos reconhecidos internacionalmente sobre o tema.

A CEUA deve avaliar os protocolos de pesquisa e os planos de aula que prevêem o manuseio de animais, acompanhando também os projetos aprovados. A ética no uso de animais será garantida pela avaliação da relevância científica do procedimento que justifique o uso dos animais, da preocupação com a minimização da dor e sofrimento animal através da utilização de métodos de analgesia, anestesia e eutanásia adequados, da realização de desenhos estatísticos prévios, do cuidado com as condições básicas de manutenção da vida animal e do incentivo à substituição do animal não humano por métodos alternativos sempre que possível.

Antes de qualquer atividade envolvendo um animal, o pesquisador deverá encaminhar a sua proposta  à CEUA-IDPC, só podendo iniciar a pesquisa ou atividade educacional envolvendo animais após a avaliação da Comissão, apresentada em Parecer. A Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA) surgiu da necessidade do estabelecimento de parâmetros para uma utilização eticamente adequada de animais não humanos no âmbito do IDPC. É um órgão multidisciplinar de caráter normativo, consultivo, deliberativo e educativo, que tem como função incentivar a reflexão sobre o uso desses animais no ensino e na investigação científica.